Sessenta alunos fazem o curso de Avaliação de Imóveis

Sessenta alunos fazem o curso de Avaliação de Imóveis

Ontem aconteceu segundo dia do Curso de Avaliação de Imóveis promovido pelo Sindimóveis e tendo como ministrante o professor da FCAP, Frederico Mendonça conselheiro do Cofeci e corregedor do Creci-PE,ºhoje acontece o 3º dia, com o mesmo entusiasmo da turma.

Ontem fora vistos pelos participantes pontos importantes como a Determinação do valor de mercado e outros itens como os princípios da Avaliação de Imóveis, com dicas importantes sobre o comportamento do corretor na sua relação com o cliente.

Paulo Santos fez a abertura do curso

Paulo Santos fala da importância da qualificação do corretor

“Este curso é mais uma possibilidade que o corretor tem de se especializar e assim melhorar o seu desempenho profissional e pessoal no mercado imobiliário. O Sindimóveis vem buscando trabalhar a capacitação e a qualificação como um elemento importante da formação do corretor de imóveis, visando dar aos profissionais a chance de se destacarem e assim fazerem melhores negócios, adquirindo os conhecimentos necessários e agindo dos parâmetros éticos e transparentes que o atual mercado exige”, disse Paulo Santos, presidente  do Sindimóveis.

Augusto Lócio diretor jurídico do Sindimóveis e professor de Direito Imobiliário

Augusto Lócio diretor jurídico do Sindimóveis e professor de Direito Imobiliário mostra o quanto é importante  o aluno partcipar deste curso

Já para Augusto Lócio, diretor jurídico do e professor de direito imobiliário no curso de Técnicas de Transação Imobiliária do Sindimóveis “o curso de Avaliação de Imóveis ofertado pela entidade em parceria com o Sindimóveis é uma possibilidade única do corretor e até de outros profissionais de outras categorias se tornarem cada vez mais especialistas uma exigência do mercado atual”.

Hoje acontecerá o 3º dia, perfazendo um total de 18 horas de curso, seis hora a cada dia, restando apenas seis horas para o quarto dia, completando o total de 24 horas, exigidos pelo Conselho Federal de Corretores de Imóveis-Cofeci, objetivando a efetivação do aluno como perito avaliador, inclusive com atuação a nível judicial.

Ao final do curso os quase 60 alunos inscritos receberão os seus diplomas e poderão dar entrada junto ao Creci do pedido de inscrição no Cadastro Nacional de Avaliadores o que sem dúvida representa um grande diferencial na hora em que alguém procura um profissional com bagagem suficiente para realizar um trabalho diferenciado.

Os alunos interagem com o professor

Os alunos interagem com o professor

Seis horas a dada dia, mas todos satisfeitos e sem reclamar de nada

Seis horas a dada dia, mas todos satisfeitos e sem reclamar de nada

Alunos como Carlos Augusto (casaco preto) esperam usar os ensinamentos no dia a dia da profissão

Alunos como Carlos Augusto (casaco preto) esperam usar os ensinamentos no dia a dia da profissão

O jornalista e corretor Severino Tomaz é um dos participantes do curso e faz a cobertura do evento enquanto aprende mais...

O jornalista e corretor Severino Tomaz é um dos participantes do curso e faz a cobertura do evento enquanto aprende mais…

E-MAIL-MARKETING-PALESTRAS XXV CONACI

A 25ª edição do Congresso Nacional de Corretores de Imóveis acontece de 4 a 7 de maio em MaceióAlagoas
“As cidades brasileiras atualmente pagam o preço do ‘excesso de sucesso’ e imensa falta de planejamento urbano e investimentos em mobilidade sustentável e coletiva.  Mas os diversos projetos em discussão de mobilidade, alinhados com um novo e contemporâneo modelo de desenvolvimento urbano sustentável, podem levar à reinvenção das cidades brasileiras. E o setor do desenvolvimento imobiliário urbano deve ser parceiro importante neste novo modelo mais sustentável.”

A análise é do arquiteto e urbanista Carlos Leite de Souza, um dos destaques do XXV Congresso Nacional de Corretores de Imóveis (Conaci), que a Fenaci (Federação Nacional dos Corretores de Imóveis) e oSindimóveis-AL (Sindicato dos Corretores de Imóveis do Estado de Alagoas) promovem de 4 a 7 de maio em Maceió.

O evento, o maior no Brasil voltado à categoria, debaterá o futuro das cidades e o papel dos corretores de imóveis no processo de desenvolvimento urbano. O País tem atualmente cerca de 300 mil corretores de imóveis. Bianual, o Conaci é realizado desde 1957 e tem sua história ligada às principais conquistas da categoria.

Autor do livro Cidades Sustentáveis, Cidades Inteligentes, Carlos Leite, como é mais conhecido, será palestrante na oficina Desenvolvimento Urbano Sustentável: Novos Modelos, dividindo o tema comHamilton França Leite Junior, mestre em engenharia civil e urbana e membro do Conselho Deliberativo do CBCS – Conselho Brasileiro de Construção Sustentável.

Além deles, uma série de nomes de peso está escalada para as oficinas, conferências, fóruns e cursos do XXV Conaci. Confira:

OFICINAS – Mark Turnbull, gerente sênior de Novos Negócios da CB Richard Ellis, é outra personalidade do mundo empresarial que estará participando do evento, falando sobre locação de imóveis.

Caio Portugal, presidente da Aelo (Associação das Empresas de Loteamento e Desenvolvimento Urbano),Flavio Amary, vice-presidente do Interior do Secovi-SP, tratarão de um tema muito importante para o mercado imobiliário, os loteamentos habitacionais. Participa também desta oficina o 1º vice-presidente da Fenaci, José Maria Cavalcante Lima.

A experiência de Teotônio Costa Rezende, há 33 anos atuando no setor habitacional da Caixa Econômica Federal, também estará entre as atrações do XXV Conaci. Diretor-executivo de Habitação da Caixa, Rezende falará sobre crédito habitacionalportabilidade e por que não há risco de bolha imobiliária no Brasil. José Augusto Viana Neto, presidente do Creci-SP, será debatedor nesta oficina.

Na área de comunicação multimídia, três experts da Google São Paulo marcarão presença no XXV Conaci:Pedro Grilo, líder sênior de operações de aquisições, Karina de Lima Maia, líder de operações de aquisições, e Gustavo Cordeiro, executivo de grandes contas da empresa. Soluções Google para o Mercado Imobiliário será o tema da oficina por eles apresentada.

Para traçar um panorama do mercado imobiliário atual e suas perspectivas, o evento reunirá Celso Petrucci, economista chefe do Secovi-SP (Sindicato da Habitação), João Teodoro da Silva, presidente do Sistema Cofeci-Creci, Flavio Gonzaga Nunes, presidente mundial Fiabci (Federação Internacional das Profissões Imobiliárias), e Manuel  da Silveira Maia, presidente do Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Estado do Rio de Janeiro (Creci-RJ).

Inspiração e Novos Ideias para Vender Mais será o tema da oficina conduzida pelo locutor e apresentadorCiro Bottini. Ele completa o time de palestrantes para as oficinas que integrarão o XXV Conaci.

CONFERÊNCIAS – Para tratar do tema cidades do futuro, o XXV Conaci convidou arquiteto Arthur M. Parkinson, que esteve engajado em uma sériede importantes realizações, entre elas a integração do mercado imobiliário com o financeiro e o de capitais, gerando o mercado de recebíveis, atualmente em franco processo de desenvolvimento.

A segunda conferência do evento – Atitudes Vencedoras – ficará por conta do economista Carlos Hilsdorf, considerado o mais carismático e um dos mais requisitados palestrantes do país.  Pós-Graduado em marketing pela Fundação Getúlio Vargas , Hilsdorf é autor do sucesso editorial “Atitudes Vencedoras”, adotado em diversas empresas como um manual de aprimoramento humano, e do best- seller “51 Atitudes Essenciais para Vencer na Vida e na Carreira”.

FÓRUNS – O XXV Conaci terá ainda dois fóruns:

Num deles será debatida a relação entre o corretor de imóveis, as imobiliárias, as incorporadoras e as construtoras. Serão palestrantes o presidente Nacional da Confederação Nacional das Profissões Liberais (CNPL), Carlos Alberto Schmitt de Azevedo, e o economista Pedro José Maria Fernandes Wähmann, presidente do Secovi-Rio.

Haverá também um fórum exclusivo para a mulher que exerce a profissão de corretagem imobiliária. O IV Fórum da Mulher Corretora de Imóveis terá como palestrante a psicanalista Regina Navarro Lins, autora de autora de onze livros sobre relacionamento amoroso, entre eles o best seller A Cama na Varanda. Ela é também consultora e participante do programa Amor & Sexo, da TV Globo.

Além das questões de relacionamento, o fórum tratará de assuntos práticos da profissão. Exclusividade nos Negócios Imobiliários será o tema da palestra de Margoreth Alves de Castro Guimarães, diretora pedagógica do Cresci de Goiás.

CURSOS – Três cursos de capacitação e aprimoramento integram a programação do evento:

AVALIAÇÃO IMOBILIÁRIA – Capacita o corretor de imóveis a elaborar parecer técnico de avaliação mercadológica (PTAM) e perícias. O certificado é reconhecido pelo Cofeci (Conselho Federal dos Corretores de Imóveis) e está dentro das exigências legais da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas). O curso será ministrado por João Diniz Marcelo, corretor de imóveis, engenheiro geólogo, perito avaliador judicial e, entre outras qualificações, instrutor da Unimóveis-RS. Tem carga horária de 24 horas e seu valor é de R$ 250.

COMO CONDUZIR NEGÓCIOS IMOBILIÁRIOS INTERNACIONAIS (TRC) – O curso Transnational Referral Certification (TRC), prepara os corretores de imóveis a desenvolver habilidades e conhecer os procedimentos adequados para encontrar parceiros de indicação, combinar remunerações, ampliar normas de atendimento ao cliente, recorrer a processos de arbitragem para resolver qualquer questão em litígio judicial, incluir as indicações internacionais em um plano de negócios, além de possibilitar a negociação de imóveis no exterior por meio do acesso à rede worldproperties.com. Doutor em ciências sociais e relações internacionais , Laerte Temple é quem ministra o curso. Com carga horária de quatro horas, o curso custa é de R$ 150.

ARRAS OU SINAL PARA COMPRA E VENDA DE IMÓVEIS – Etimologia, conceito, natureza jurídica e espécies de arras. A importância da consulta aos sites específicos antes do sinal. Diferenças entre as arras confirmatórias e penitenciais. Estudo, artigo por artigo dos aspectos regulados pelo Código Civil, doutrina e jurisprudência. A melhor espécie de sinal a ser praticada. O curso tem metodologia participativa, com análise direta e dinâmica, cláusula por cláusula, de modelo de “Recibo de Sinal e Princípio de Pagamento”, cuja fotocópia será distribuída aos participantes. O advogado e corretor de imóveis Paulo Xavier é quem ministrará o curso. A carga horária de oito horas e o valor de R$ 150.

XXV CONGRESSO NACIONAL DE CORRETORES DE IMÓVEIS

Quando: de 4 a 7 de maio

Onde: Maceió, Alagoas, no Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso – Centro de Convenções de Alagoas

Inscrições – exclusivamente on-line, até dia 30 de abril. Após esta data somente no local do evento, havendo disponibilidade de vagas. As inscrições nos cursos somente serão validadas após a inscrição no congresso.O congressista poderá se inscrever em apenas um dos cursos, pois serão ministrados simultaneamente.

Investimento – Até 30/4, corretores de imóveis pagam R$ 170; estudantes e acompanhantes, R$ 110; outras profissões R$ 220.

Inscrições e informações detalhadas sobre programação acesse www.conaci.com.br

INFORMAÇÕES À IMPRENSA / MARCAÇÃO DE ENTREVISTAS

Antonio Marcos SOLDERA

amsoldera@gmail.com

www.fenaci.org.br

11 3424.8089
11 3221.9981
11 98131.8243 (TIM)
11 97422.1270 (VIVO)

FONTES PRINCIPAIS

Joaquim Ribeiro, presidente da Federação Nacional dos Corretores de Imóveis (FENACI)

Pierre Laffitte, presidente do Sindimóveis Alagoas e da comissão organizadora do XXV CONACI

“Na orquestração das profissões, hoje somos todos convidados a ser maestros. Conhecer bem todos os instrumentos, dominar ao menos um, conhecer muito sobre a música do mercado, saber como tocar a sensibilidade do ouvinte e como fazer para que todos compartilhem a mesma experiência. Trata-se de uma época fantástica onde somente os mais bem preparados continuarão com o direito de exercer a profissão.”

 

Carlos Hilsdorf é um grande estudioso do comportamento humano e um dos palestrantes mais requisitados do Brasil

O recado é do conferencista Carlos Hilsdorf, uma das muitas atrações do XXV Congresso Nacional de Corretores de Imóveis (Conaci), que acontece de 4 a 7 de maio, em Maceió, Alagoas, sob a chancela da Federação Nacional dos Corretores de Imóveis (Fenaci) e o Sindimóveis-AL.

 

Economista pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp) e pós-graduado em marketing pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), autor, consultor de empresas, Carlos Hilsdorf é um competente estudioso do comportamento humano, sendo considerado o mais carismático e um dos mais requisitados palestrantes do País.

Precoce na busca de conhecimentos e no empreendedorismo, Carlos iniciou-se nas artes do ilusionismo aos cinco anos e abriu aos 12 a empresa que até hoje dá suporte à sua atuação como conferencista de nível internacional.

A conferência dele no XXV Conaci tratará de “Atitudes Vencedoras”, nome do livro de sua autoria que é adotado em diversas empresas como um manual de aprimoramento humano. Autor ainda do best-seller “51 Atitudes Essenciais para Vencer na Vida e na Carreira”, Carlos Hilsdorf fala sobre sua vida e sobre o que pretende apresentar ao público no XXV Conaci. Confira:

Qual a origem de sua família – o sobrenome Hilsdorf – e onde você nasceu?

A família Hilsdorf tem origens na Alemanha e Austria. Dois ramos da família se estabeleceram no Brasil, uma em Rio Claro (para onde veio meu avó, João Hilsdorf) e outra em Leme. Eu nasci em São Carlos, cidade onde meu pai, um grande músico do chorinho no Brasil, Álvaro Brochado Hilsdorf, veio residir quando saiu de Rio Claro para empreender.

Em que você se formou primeiro e que profissões – ou atividades – exerceu antes de virar palestrante?

Sou Economista pela Unesp e pós-graduado em marketing pela Fundação Getúlio Vargas. Comecei a empreender aos 12 anos de idade, quando montei a empresa que continua existindo até hoje, com mudança em seu objeto social, mas com o mesmo CNPJ desde que nasceu. Sempre fui dono do meu próprio negócio, envolvido com a área de eventos, lançamento de produtos, shows e palestras. Sempre atuei como empresário antes de ser consultor, autor e palestrante.

Como surgiu o Carlos palestrante?

Certas coisas não surgem, sempre estiveram (risos)… Assim foi com minha carreira, a paixão pelas artes (me dedico a várias), pela comunicação, pela pesquisa do comportamento humano e pelo conhecimento em geral, conduziram, por diferentes fases, a uma convergência que encontrou na figura do autor/consultor e palestrante o canal para expressarem-se em profundidade.

Como você define suas palestras, quais conceitos básicos você utiliza para elaborá-las?

Defino minhas palestras como um ato de amor ao ato de compartilhar. Dedico-me a compartilhar com os convidados, décadas de experiências, buscas, pesquisas e aprendizados sobre como atingimos a excelência e a alta perfomance. O que nos facilita e o que nos dificulta a jornada. O trabalho de elaboração de cada palestra é único, como deve ser tudo aquilo que é feito dentro de uma legítima busca artística, na máxima expressão do termo. Não há receitas prontas, modelos pré-estabelecidos, há paixão e profundo respeito pelo público e sua busca nas estadas da existência.

Usando recursos tecnológicos e recorrendo até a números de ilusionismo, Carlos é um verdadeiro show man no palco

 


Suas apresentações são autênticos shows, com muitos truques e surpresas.  Você aprendeu ilusionismo, mágica? Quando e inspirado em que você começou a incorporá-los à sua apresentação?

Uma das artes às quais me dedico desde os cinco anos de idade é o ilusionismo, categoria em que acumulei lindas experiências internacionais e prêmios como o de “Melhor Ilusionista da América Latina”. Minhas apresentações são uma continuidade de minha busca existencial, assim tudo o que sou flui naturalmente em cada apresentação ao público. Assim ocorre com a música, o humor, o ilusionismo e tudo mais…

Como você vê o papel do corretor de imóveis no concerto das profissões?

Vivemos uma das eras mais cativantes entre todas as já vividas na história da humanidade. A democratização da informação através dos meios digitais acabou com a ditadura da informação e fez com que todas as profissões tivessem que buscar pelo conhecimento relevante. Hoje não basta ter o privilégio da informação é preciso saber o que fazer com informações que estão disponíveis a todos. O valor da competência se sobrepõe ao privilégio da informação, isso é ótimo.

Na orquestração das profissões, hoje somos todos convidados a ser maestros. Conhecer bem todos os instrumentos, dominar ao menos um, conhecer muito sobre a música do mercado, saber como tocar a sensibilidade do ouvinte e como fazer para que todos compartilhem a mesma experiência. Trata-se de uma época fantástica onde somente os mais bem preparados continuarão com o direito de exercer a profissão. Na palestra trataremos com imenso carinho dos grandes diferenciais que realmente transformam o corretor em um agente de negócios que é ainda mais que um consultor, é na verdade a convergência entre o consultor e o empreendedor, alguém que oportuniza oportunidades existentes e cria as que ainda não existem.

O que você pode antecipar para o público que vai assisti-lo em Maceió?

Na palestra “Atitudes Vencedoras” poderemos refletir juntos sobre as grandes mudanças que ocorreram no mundo e afetaram também os negócios e, mais que tudo, sobre as grandes mudanças que podemos estabelecer em nossa postura diante das dificuldades oferecidas pela existência para que possamos viver uma vida plena de realizações em todos os sentidos. Será um imenso prazer compartilharmos juntos todos os momentos deste encontro entre profissionais de uma atividade tão cativante como a do setor imobiliário.

Fonte: www.conaci.com.br

Professor Frederico e sua turma cheia, com fila de espera para o próximo

Professor Frederico e sua turma cheia, com fila de espera para o próximo

Aconteceu na tarde de ontem (22.04) o início do Curso de Avaliação de Imóveis, promovido pelo Sindimóveis com o professor Frederico Mendonça corregedor do Creci, conselheiro do Cofeci – Conselho Federal de Corretores de Imóveis e professor de avaliação de imóveis na UPE, além de empresário com a imobiliária ARRECIFES.

Paulo Santos fez a abertura do curso

Paulo Santos fez a abertura do curso

A abertura do treinamento foi feita pelo presidente do Sindimóveis, Paulo Santos, acompanhado do seu vice Lourenço Novaes da W Imóveis e de Augusto Lócio diretor jurídico do Sindimóveis e professor de direito imobiliário no curso de Técnico de Transações Imobiliária, além da presença do ministrante do curso professor Frederico.

Lourenço Novaes vice presidente do Sindimóveis fala para os futuros avaliadores

Lourenço Novaes vice presidente do Sindimóveis fala para os futuros avaliadores

O curso tem a duração de 24 horas, divididos em 4 módulos de seis horas cada, com temas que discutem os processos de avaliação de forma teórica e prática considerando a Resolução – Cofeci nº 1066/07, oriunda do Ato normativo – Cofeci nº 001/11. No curso o corretor trabalhará ainda com a NBR14653 bem como entender a avaliação com perícia judicial.

Augusto Lócio diretor jurídico do Sindimóveis e professor de Direito Imobiliário

Augusto Lócio diretor jurídico do Sindimóveis e professor de Direito Imobiliário

Os participantes do curso recebem uma apostila em que consta um histórico de avaliação de imóveis no Brasil, o mercado de trabalho do avaliador de imóveis, os procedimentos éticos e assim o corretor vai receber informações preciosas sobre como vistoriar qualquer imóvel, desde um terreno até uma casa de alto padrão.

As diretoras de eventos do CRECI Kátia Filaho, Rosângela e amiga, juntas com Frederico

As diretoras de eventos do CRECI Kátia Fialho, Rosângela e amiga, juntas com Frederico 

O curso tem seu encerramento previsto para a sexta feira e os concluintes terão direito a receberem o seu diploma e fazerem a sua inscrição no Conselho Nacional de Avaliadores de Imóveis – CNAI o que representa um status a mais na qualificação, mas principalmente, no sentido de se tornar imprescindível na área que escolheu.

Professor Frederico autografa seu livro sobre Avaliação de Imóveis

Professor Frederico autografa seu livro sobre Avaliação de Imóveis

Federico com corretores

Federico com corretores e com Karina a direita sua secretária

Sábata nossa eficiente secretária

Sábata nossa eficiente secretária

Parada do cafezinho para relaxar e trocar experiências

Parada do cafezinho para relaxar e trocar experiências

Amanhã o curso continua no mesmo horário, as 14 horas, no auditório do Sinduscon.

Começa hoje 22 e vai até o dia 25, das 14 as 22 horas, no auditório do Sinduscon, o curso nacional de avaliadores de imóveis promovido pelo Sindimóveis em parceria com o professor Frederico Mendonça autor do livro mais famoso sobre avaliação de imóveis e corregedor do Creci e Conselheiro do Conselho Federal de Corretores de Imóveis – Cofeci.

Corrertor não perca esta oportunidade, ainda dá tempo, você pode fazer a sua inscrição no local. Veja a abaixo.

Professor Frederico Mendonça será o ministrador do curso

Professor Frederico Mendonça será o ministrador do curso

clientesAtrair clientes é um desafio para todo tipo de negócio e a busca por eles é incessante. O maior desafio para os profissionais é atrair os clientes ideais para sua marca, mas quando você sabe claramente qual a visão para o seu negócio, torna-se fácil para os seus clientes ideais vê-la também.

As primeiras coisa a saber são: quem é seu cliente ideal, por que você os considera ideal e quais os problemas que eles têm que você pode fornecer uma solução. Quanto mais específico você for para determinar o seu foco, mais eficaz suas estratégias de marketing serão.

Lembre-se de que planos sem ação são inúteis. Então delineie um plano de marketing de modo que suas ações de melhorias sejam diárias, semanais e também mensais. Desta forma, você poderá se conectar com seus clientes ideais regularmente. Abaixo damos três dicas simples e que podem ser rapidamente colocadas em prática para atrair novos clientes.

1- Parcerias poderosas: Juntar-se com alguém que você considera como seu concorrente pode criar uma situação de ganho triplo (você, seu parceiro e seus clientes) e é uma ótima maneira de atrair pessoas interessadas na sua marca. Você tem uma enorme oportunidade de chegar até seus clientes ideais se aproveitar dessas redes de contatos em acordos de parceria através de promoção cruzadas uns nos serviços  dos outros.

2- Reconectar com os clientes antigos: Estudos têm demonstrado que é muito mais fácil voltar a fazer negócios com um cliente que já você já trabalhou do que com um novo. Uma boa ideia é criar um pacote especial ou mostrar os serviços feitos no passado e incentivá-los a apostar neles mais uma vez.

3- Estabeleça uma rede de contatos: Você deve ir pescar no lago certo! Quando você está confiante em quem são seus ‘prospects’ ideias, você pode pesquisar exatamente onde este tipo de pessoa está e só gastar o seu tempo em eventos onde eles se reúnem em grande número. Ao aparecer, sua intenção é ser útil, um recurso informado, simpático e ouvir como você pode resolver os problemas de perspectivas do grupo.

Implementação é a chave – então qual dessas estratégias você vai colocar em ação no seu negócio esta semana?

Por Magali Pereira

Fonte: Sucessonews

pub_artes_serra_post.fw

polituco pe tudo igual

 

Político é tudo igual
Só muda mesmo a cor
Um azul outro vermelho
Um amarelo outro furta-cor
Mas quando se olha no espelho
É tudo incolor

Político é tudo igual
Quando não faz inventa
Pra ele sete é setenta
Nem disfarçar tenta
É por isso que todo político
Calça mesmo é quarenta

Político é tudo igual
Não falta nenhum taco
Na eleição é bonzinho
Depois vira um carrasco
Por isso que se diz
É farinha do mesmo saco

Político é tudo igual
Toma cachaça e come buchada
Anda a pé e de jumento
Senta no chão e na calçada
Depois não tem mais tempo
E a porta do gabinete é fechada

Político é tudo igual
Tanto faz tucano ou gato
Pomba ou abelha
É tudo carrapato
Fede mais do que chulé
Dentro e fora do sapato

Político é tudo igual
Troca de lado com facilidade
Muda de partido sem vergonha
Muda de lado sem dizer a verdade
Diz que é pelo bem do povo
Diz que é pelo bem da cidade

Político é tudo igual
Promete mundos e fundos
Antes de chagar no poder
Depois esquece todo mundo
Não aperta mais nem a mão
E o povo vira imundo

Político é tudo igual
E o povo acreditando
Ou é um bando besta
Ou também está enganando
Fingindo acreditar
Pra alguma sair ganhando

Poeta é tudo igual
De noite ou de dia
Nunca muda de cor
Nunca acaba a fantasia
Pra todo fato acontecido
Tem sempre uma poesia

Por Severino Tomaz
jornalista escritor e membro
da Academia Artes de Gravatá

Inácio Júnior

Inácio Júnior

Tempo Quaresmal…
Quarenta Dias…
Dias de Penitencia..
de caridade..
de obediência..

É tempo de reflexão e recordação. Muitos se preparam para recordar a Morte, Paixão e Ressurreição de Jesus Cristo. Seria muito bom pararmos para pensar no significado desta semana em nossa vida.

Não basta recordar esse momento que representa a reconciliação do povo com seu Deus. È preciso saber se o sacrifício de Jesus não foi em vão. É preciso refletir sobre a importância desse evento que marcou a história da humanidade. Jesus plantou a semente do amor ao doar sua vida por nós.

Cada pessoa tem um pedaço de terra onde a semente do amor foi semeada. Será que estamos fertilizando o solo de nosso coração e regando a semente do amor para que possa germinar crescer e produzir frutos?  Semana Santa é o tempo em que se encerra o período da quaresma. Ela começa com o Domingo de Ramos, onde vamos reviver os 7 dias de tudo o que Jesus viveu: paixão, morte e ressurreição.
Essa Semana nos prepara para a Páscoa.
A Páscoa significa “passagem da morte para a vida”. Isso quer dizer que Jesus ressuscitou para nos dar a vida.
A Semana Santa é muito importante para nós que acreditamos em Jesus. O mais importante da Páscoa não é ganhar ovos de chocolate, mas saber que Jesus morreu na Cruz para nos salvar.
Vamos juntos rezar, pedindo a Deus Pai a graça de vivermos bem a Semana Santa?

“Deus Pai, que o nosso amor cresça ainda mais pelo Senhor e por Jesus. Que possamos proclamar que Jesus é o senhor e salvador do Mundo.”

“ATO DE CONTRIÇÃO: Meu Deus, porque sois tão bom, tenho muita pena de vos ter ofendido. Ajudai-me a não tornar a pecar.”

Inácio Jr.

Daniel Olímpio comemora 30 anos de repente com grande Festival de Violeiros

fest violeiro 7A cidade de Gravatá viveu nos dias 16 e 17 um grande encontro de cantadores, poetas e repentistas no Festival de Violeiros de Gravatá em homenagem aos trinta anos de carreira do repentista Daniel Olímpio.

No primeiro dia, 16, se apresentaram as duplas:

João Olímpio e Severino Soares
Djair Olímpio e Cícero Cosme
Paulo Pereira e Genaldo Pereira
Cícero Dionísio e Josenildo França
Gilmar Oliveira e Cícero Justino
Erasmo Ferreira e Edezel Pereira

Além das duplas também se apresentaram o Cancioneiro e declamador – Raulino Silva e o Declamador Iponax Vilanova.

No segundo dia, 17, foi a vez das duplas:

Hipólito Moura e João Lourenço
Edmilson Ferreira e Antônio Lisboa
Edvaldo Zuzu e Severino Dionísio
Raimundo Caetano e Luciano Leonel
Ivanildo Vilanova e Rogério Menezes

Nesta noite aconteceu a apresentação especial da dupla formada pelo homenageado Daniel Olímpio e por Zé Galdino e também a apresentação do Declamador Raulino Silva.

Os campeões do Festival de Violeiros de Gravatá

fest violeiro 10

Os campeões Ivanildo Vila Nova e Rogério Menezes com seus troféus

fest violeiro 1

O grande homenageado Daniel Olímpio

fest violeiro 2

Edvaldo Zuzu e Bio Dionízio

fest violeiro 3

Edmilson Ferreira e Antonio Lisboa

fest violeiro 4

Luciano Leonel e Raimundo Caetano

fest violeiro 5

Hipólito Moura e João Lourenço

fest violeiro 6

Ivanildo Vila Nova e Rogério Menezes

fest violeiro 8

Zé Galdino e Daniel Olímpio

fest violeiro 9

Severino Tomaz e Daniel Olímpio (Rota232 homenageada com um troféu)

Tindara, Roberto Silva e Izaías Olímpio a comissão julgadora
Tindara, Roberto Silva e Izaías Olímpio a comissão julgadora

 

O grande apresentador Felisardo Moura comandou o Festival de Violeiros de Gravatá

O grande apresentador Felisardo Moura comandou o Festival de Violeiros de Gravatá

 

 

A psicanalista Regina Navarro Lins e a especialista em operações imobiliárias Margoreth Alves de Castro Guimarães serão as palestrantes do IV Fórum da Mulher Corretora

O amor da pré-história até os nossos dias e algumas pinceladas sobre o futuro. Essa é a proposta da psicanalista e escritora Regina Navarro Lins para sua palestra no IV Fórum da Mulher Corretora de Imóveis, evento que integra a 25ª edição do Congresso Nacional de Corretores de Imóveis (XXV Conaci), que a Fenaci e oSindimóveis-AL promovem, de 4 a 7 de maio, emMaceió, Alagoas. O fórum especial para o público feminino se completa com a palestra da conselheira e diretora pedagógica do Creci 5ª Região (Goiás),Margoreth Alves de Castro Guimarães, que falará sobre exclusividade nos negócios com imóveis. 

“Todo o meu trabalho é sobre relacionamento amoroso e sexual. Eu tenho 11 livros sobre esse tema. Nas palestras, com projeções no telão, mostro como o amor foi mudando da pré-história até hoje, passando por todos os períodos do Ocidente e mostrando como cada época nos afeta hoje. Por exemplo: o que hoje vivemos e que acontecia na idade média. A ideia é mostrar o que hoje as pessoas fazem, como vivem, em que aquilo de outros tempos está afetando, até chegar à atualidade, onde aponto as tendências para o futuro. Daí o título o ‘Amor: o futuro que se anuncia’”, adianta Regina, que ao final de sua apresentação costuma abrir espeço para um debate com a plateia.

IMPORTANTE É REFLETIR – A psicanalista, que há 40 anos trabalha com terapia individual, de grupo e de casal, é autora, entre outros livros do best-seller “A Cama na Varanda”. Em 2012 lançou “O Livro do Amor”, em dois volumes – Da Pré-História à Renascença e Do Iluminismo à Atualidade. Consultora e participante do programa Amor & Sexo, da TV Globo, mantém um blog no portal UOL e assina coluna semanal, aos domingos, no jornal “O Dia”, do Rio de Janeiro.
Para Regina o fundamental é que, a partir de suas palestras, “as pessoas reflitam sobre os valores afetivos, sobre as lições aprendidas, para poder viver melhor, porque, na verdade um número enorme de homens e mulheres sofrem por conta de seus desejos, fantasias, medos, culpas, frustrações”.

“Eu sempre digo que a maior fonte de sofrimento, tirando a miséria e a doença, são o amor e o sexo”, afirma a palestrante, frisando que a reflexão sobre o assunto serve para todas as profissões, pois se a pessoa está bem emocionalmente, principalmente nas relações familiares e  amorosas, ela se relaciona bem com os outros e produz muito melhor no trabalho.

TEMA PARA O DIA A DIA – Abrangente, o IV Fórum da Mulher Corretora de Imóveis não ficará restrito às questões de relacionamento, abordando também aspectos práticos do dia a dia da profissão, como é o caso da exclusividade.

Para tratar do assunto, os organizadores dos XXV Conaci convidaram Margoreth Alves de Castro Guimarães, especialista em operações imobiliárias pela Universidade Cândido de Rondom (Unirondom) e em Direito Imobiliário pela Universidade Católica de Uberlândia.

Graduada em gestão de negócios imobiliários e bacharelanda em direito pela Universidade Salgado de Oliveira, de Goiás, a diretora pedagógica do Creci de Goiás é autora do livro “Exclusividade nos Negócios Imobiliários”, que será o título de sua palestra.

TIME DE PRIMEIRA – Para coordenar o IV Fórum da Mulher Corretora de Imóveis, os organizadores do congresso escalaram um time de primeira: Eliene de Freitas Sousa, presidente do Sindimóveis/BA; Isaura Santos, diretora, tesoureira do Sciesp (Sindicato dos Corretores de Imóveis do Estado de São Paulo); Lucimar Alves Elias, presidente do Sindimóveis/GO; Marly da Silveira Ferreira, presidente do Sindimóveis do município do Rio de Janeiro; Maria Cristina Chaul Barbosa, presidente do Sindimóveis/CE ; e Jane Picanço de Farias Lima, vice-presidente da Região Norte na atual diretoria da Fenaci.

Para Eliene de Freitas Sousa, presidente do Sindimóveis/BA, a importância do Fórum se dá “pela expectativa de ver as companheiras assumindo cargos e sindicatos, conselhos e confederações”.

“Esperamos, após a fala de Regina Navarro Lins, interagir com todas as participantes e debatermos, sobretudo, a mulher como corretora do mercado imobiliário e sua atuação na vida.  A mulher está  ocupando cargos, mas ainda está muito carente nos partidos políticos encabeçando chapas”, afirma Eliene, que está seu segundo mandato à frente do Sindimóveis-BA e exerce pela primeira a 2ª vice-presidência da Fenaci.

Isa Santos, diretora-tesoureira do Sciesp, acredita que ter um fórum específico no Conaci é de suma importância para as mulheres por que hoje elas têm uma relevância muito grande nos negócios imobiliários. “Esse fórum vai agregar muito, pois propiciará contatos entre mulheres de diferentes Estados, que podem resultar até em negócios. Um intercâmbio muito salutar, que começa já entre as próprias coordenadoras do Fórum, que representam seis diferentes regiões do País”, ressalta Isa.